Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Tudo passa carago.

E melhor passa se tiver graça.

Tudo passa carago.

E melhor passa se tiver graça.

13.Dez.17

10 Melhores Prendas de Natal

Sérgio Ambrósio

Vós que andais em busca dos melhores presentes de Natal, parem já. As melhores prendas de Natal não estão à venda em shoppings nem sequer no OLX. Se é Natal, têm de oferecer algo especial. E isso, não é aquela camisola da cadeia de fast fashion mais famosa do mundo, que é feita na China ou na Índia por uma criança de 7 anos. Porque camisolas iguais a essa vão ser mais populares, no mundo todo, que o bacalhau na noite de consoada.

 

1 – Se querem ver um homem feliz, na altura de abrir os presentes, à meia-noite, ofereçam-lhe a Sara Sampaio.

 

2 – Se querem ver uma mulher alegre, a desembrulhar felicidade, ao mesmo tempo em que a Amazónia chora pelo papel gasto nos embrulhos, ofereçam-lhe direitos e oportunidades iguais aos homens.

 

3 – Metam os olhos no Belmiro de Azevedo e ofereçam, aos vossos filhos, uma herança de 1,3 mil milhões de euros.

 

4 – Receber no sapatinho, pendurado na lareira, um Doutoramento em Corrupção, isso é que era! Ainda se chegava a Secretário de Estado ou a Ministro, carago.

 

5 – Toda a gente quer receber um passe para os melhores festivais de música. Eu contentava-me em deitar uma mantinha na relva, aconchegar-me e ver, no Céu, todos os músicos que faleceram, em 2017, a darem um concerto, em conjunto, para o Planeta Terra.

 

6 – Dar novos estádios aos clubes de futebol da 2.ª Divisão para receberem, com dignidade, pompa e circunstância, o futuro despromovido Sport Lisboa e Benfica.

 

7 – Oferecer a Teresa Guilherme, a Cristina Ferreira, a Fátima Lopes e o Goucha a um outro país com televisão de terceiro mundo. Era um gesto bonito de solidariedade e nós, por cá, já estamos fartos de aturá-los.

 

8 – As caixas de comentários dos jornais online estão muito enxovalhadas. Neste Natal, ofereçam um par de estalos aos vossos familiares que só escrevem calinadas e asneiras na internet.

 

9 – Meias e cuecas não podem faltar nesta quadra. Estava a brincar! Não comprem, a sério. Meti só mesmo na tanga, não se ponham com ideias. Ou, neste caso, com idiotices.

 

10 – Portugal ainda sofre do síndrome do país do fado, da tristeza, da saudade. É uma nação carrancuda. Neste Natal, ajude a mudar Portugal, oferecendo um sorriso ao próximo, à pessoa que está ao seu lado na paragem do autocarro, no café, no banco, no supermercado... Não custa nada. E o país pode tornar-se, de repente, tão mais agradável!

 

38 comentários

Comentar post

Pág. 1/2