Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Tudo passa carago.

E melhor passa se tiver graça.

Tudo passa carago.

E melhor passa se tiver graça.

05.Jan.18

Caminho Para a Felicidade

Sérgio Ambrósio
Ser feliz, para mim, é eu não sentir-me um cliché, o que é impossível. A minha felicidade, de longe, não vem de dentro. As entranhas da minha alma são carregadas de escuridão e de pesadelo. A minha felicidade vem do que me inspira e me faz levantar da cama a cada manhã. Se eu estivesse à espera de encontrar a felicidade dentro de mim, nunca mais tirava o pijama do corpo nem tirava o lombo do colchão.   E não me digam que eu sou a única pessoa que pode atrapalhar a minha (...)
04.Jan.18

Obrigado Derby Alfacinha

Sérgio Ambrósio
Ontem admirei-me de não ser feriado nacional. Era o Benfica – Sporting. Dizem que o país pára, não se fala em mais nada na TV, nas capas dos jornais é só águias e leões, é o derby de Lisboa, é o jogo dos jogos, o clássico dos clássicos, não há nada mais importante, é o evento do ano. Parece que deu empate. Porque eu não vi. Tenho uma regra bastante rígida comigo: não vejo jogos entre equipas que não ganham nada na Europa há mais de 50 anos. Quando as circunstâncias (...)
02.Jan.18

Porta dos Fundos

Sérgio Ambrósio
Eu queria que a minha vida fosse como a Porta dos Fundos. Um conjunto de sketches (ou esquetes) engraçados onde as pessoas se riem, passam os créditos e depois ainda há um miminho de bónus. Mas a minha vida é mais um canal de YouTube português manhoso. Daqueles que podia ir parar perfeitamente ao Azeitugal. Mas, pelo menos, viralizava que a minha vida actual nem isso faz. Só viraliza uma constipação, uma gastrite e uns fungos nas encravadas unhas dos pés. Mais nada. Eu queria (...)
29.Dez.17

O Tempo Nunca Está Em Saldos

Sérgio Ambrósio
O shopping é o facebook da vida real. Hoje fiz “iniciar sessão” no shopping. Tinha 87 notificações com convites para gostar de lojas de telemóveis, perfumes, roupa, sapatilhas, entre outras.   3 pedidos de amizade: um da Tânia da Worten, outro do Filipe da padaria do Continente e um da Margarida da Springfield que gamou os meus dados quando preenchi o formulário para o cartão de adesão. Mas cheira-me que não queriam a minha amizade, apenas o meu dinheiro.   Tinha 3 (...)
28.Dez.17

O Meu Presidente

Sérgio Ambrósio
Pinto da Costa faz hoje 80 anos. Sozinho tem mais títulos internacionais que todos os clubes portugueses juntos. É muita fruta!   Sempre foi um homem polémico. Principalmente por ganhar mais títulos do que os clubes rivais de Lisboa. Não há invejoso que resista a odiá-lo.   É o presidente com mais títulos no mundo e, de longe, o dirigente com melhor sentido de humor em Portugal. Se não fosse o melhor presidente de clubes do mundo seria um excelente stand up comedian.   Pinto (...)
27.Dez.17

Bolo-rei

Sérgio Ambrósio
Sabes que a monarquia está pelas ruas da amargura quando os bolos-reis são postos no caixote do lixo. Já não se respeita quem tem fome, não se respeita a culinária, nem a monarquia. A não ser que a Padaria Portuguesa quisesse dar um presente de Natal aos ratos da cidade de Lisboa. Andou a malta a gastar rios de dinheiro numa regueifa monárquica de frutos secos e cristalizados quando afinal bastava ter esperado pelo fecho do comércio para tê-las de borla. Há milagres de Natal. (...)
26.Dez.17

Matar Saudades

Sérgio Ambrósio
Sabe tão bem quando pegamos numa metralhadora e fuzilamos as saudades, não sabe? Porém, isto soa muito mal. Faz-nos parecer o Pablo Escobar que lidera um cartel de emoções e executa inimigos que são apelidados de saudades.   Eu não me deveria sentir um assassino que tem prazer em pegar numa catrefada de saudades, executá-las e metê-las numa vala comum. Mas que prazer é este em matar saudades?   Nunca pensei que um abraço, um beijo, fossem armas tão poderosas. Mas parece que (...)