Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Tudo passa carago.

E melhor passa se tiver graça.

Tudo passa carago.

E melhor passa se tiver graça.

03.Nov.17

Como Acabar com a Violência

Sérgio Ambrósio

Pois é, meus patrícios, isto está a ficar perigoso: ciganos, seguranças de discotecas, mitras e gunas, gangues do multibanco, Samaris… Vou armar-me, não até aos dentes, mas em Moita Flores e vou sugerir uma panóplia de medidas para erradicar de vez com a violência em Portugal.

 

- Extinguir os portugueses, excepto os ciganos. Ou então, criar um país especial só para ciganos tipo Isralelo.

 

- Pôr monges budistas como porteiros de discotecas.

 

- Passar só música clássica em todas as discos e bares do país.

 

- Proibir o álcool em estabelecimentos nocturnos. Servir apenas leite com chocolate, chã de cidreira, camomila e tília, com biscoitinhos de aveia como acompanhamento.

 

- Uso obrigatório de uma pombra branca no ombro esquerdo, de modo a dar a entender aos meliantes que somos da paz.

 

- Governo decretar a afixação dos 10 mandamentos da bíblia, em tamanho gigante, à entrada dos clubes nocturnos.

 

- A polícia emprestar um rottweiler a cada cidadão que queira sair à noite.

 

- À entrada, estadia e saída da discoteca usar sempre protecção nos dentes e capacete do kickboxing, só por precaução.

 

- Meter os seguranças das discotecas como cobaias de shampoo, em vez dos animais. Espera, não dá, os seguranças têm sempre a cabeça rapada. Esqueçam este mas não olvidar o #crueltyfree.

 

- Erguer muros com arame farpado em torno dos bairros problemáticos para que nenhum guna ou mitra consiga sair de lá para arranjar confusão na noite.

 

- Reabrir o Urban Beach apenas se o submarino do Paulo Portas estiver disponível para patrulhar a zona.

 

- Meter o Dr. Quintino Aires como Provedor do Cigano e do Segurança da Disco.

 

- Fechar as discotecas e abrir, durante toda a noite, ateliers de ioga para o pessoal se acalmar.

 

- Escolher entre Paolo Di Canio, Éric Cantona, Patrice Evra ou Bruno Alves para Ministro da Administração Interna, de modo a que os portugueses achantrem a mula.

18 comentários

Comentar post