Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Tudo passa carago.

E melhor passa se tiver graça.

Tudo passa carago.

E melhor passa se tiver graça.

06.Nov.17

Impossível

Sérgio Ambrósio

Os futebolistas são muito religiosos e alguns usam camisolas interiores com mensagens de fé e de louvor a Deus. Os jogadores benzem-se e levantam as mãos para o Céu. No entanto, não se deixem enganar, é que eles são craques na arte de violar os dez mandamentos. Vejamos.

 

1 – “Amar a Deus sobre todas as coisas.” Impossível. Os jogadores de futebol só amariam Deus acima de todas as coisas se fosse a cara de Deus que viesse estampada nas notas de euro.

 

2 – “Não usar o Santo Nome de Deus em vão.” Impossível. Quando um jogador diz «meu Deus, ajuda-me a fazer um jogo excelente», ele está claramente a usar o nome de Deus em vão. Porque toda a gente sabe que Deus faz milagres e é misericordioso e transforma água em vinho e faz andar paralíticos mas é muito mais difícil transformar um futebolista perneta em craque.

 

3 – “Santificar o domingo.” Impossível. Ele há domingos do diabo. Que é sempre aquele domingo em que o nosso clube perde ou empata, por culpa daqueles jogadores que andaram a dormir em campo.

 

4 – “Honrar pai e mãe (e os outros legítimos superiores).” Impossível. Não há futebolista que honre o pai e a mãe, quando no relvado é um fiteiro de primeira água. Aposto que não foi essa a educação que os pais lhes deram.

 

5 – “Não matar (nem causar outro dano, no corpo ou na alma, a si mesmo ou ao próximo).” Impossível. Esta é de rir. Há mais assassinos nos campos de futebol do que na máfia napolitana.

 

6 – “Não pecar contra a castidade.” Impossível. A bola é sagrada mas há tantos futebolistas que a maltratam que até dá dó. E dar um lugar no inferno também não era mal pensado.

 

7 – “Não furtar.” Impossível. Isto é uma especialidade dos árbitros mas também há futebolistas que furtam. Todo o futebolista que tira uma bola em cima da linha de golo está certamente a roubar a alegria a muitas pessoas.

 

8 – “Não levantar falsos testemunhos (nem de qualquer outro modo faltar à verdade ou difamar o próximo).” Impossível. Este mandamento é mais violado que uma infeliz mulher presa num cativeiro de tarados. Levantar falsos testemunhos é aquilo que fazem diariamente jogadores e ex-jogadores rivais na imprensa desportiva quando o assunto é o FC Porto.

 

9 – “Não desejar a mulher do próximo.” Impossível. Ui, quantos futebolistas eu já vi que, na hora de virem cobrar o canto, fazem olhinhos às espectadoras com os maridos ao lado, quantos piscares de olhos eu já vi de jogadores às cheerleaders e quantos sorrisinhos de engate são feitos pelos profissionais da bola a jornalistas jeitosas. Ui.

 

10 – “Não cobiçar as coisas alheias.” Impossível. Em Portugal, todos os futebolistas rivais cobiçam os troféus internacionais que o Porto tem no museu.

8 comentários

Comentar post