Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Tudo passa carago.

E melhor passa se tiver graça.

Tudo passa carago.

E melhor passa se tiver graça.

27.Out.17

Super Estrelas

Sérgio Ambrósio

Na flash interview, um repórter prepara-se para entrevistar um árbitro.

 

REPÓRTER

Como é que acha que correu este jogo?

 

ÁRBITRO

O jogo correu bem. Acho que a arbitragem está de parabéns. Conseguimos ser criativos no jogo, marcámos um penalty que ninguém viu e que decidiu o jogo e isso é a prova provada de que os árbitros são especiais e que têm super

poderes. Eu acho mesmo que os árbitros são deuses e que quando falecessem deviam ir todos para o Panteão Nacional.

 

REPÓRTER

Mas não tem vergonha de prejudicar o FC Porto?

 

ÁRBITRO

Amigo, quem tem vergonha passa mal e nós queremos passar muito bem. Enfim, queremos continuar a dar alegrias aos nossos adeptos.

 

REPÓRTER

Mas os árbitros não têm adeptos...

 

ÁRBITRO

Isso diz você que nunca viu as mensagens e telefonemas de pessoas que nos dizem amar, que somos ídolos deles e que queriam ter o dinheiro que temos no banco. Somos uma classe profissional muito amada neste país. A prova provada de que os árbitros têm adeptos em Portugal é que não se fazem programas de televisão para se comentar os jogos de futebol. Fazem-se programas para se falar de árbitros. Pois é, as estrelas somos nós, que enriquecemos de maneira ilícita, que temos sexo grátis com prostitutas, que temos viagens e jantares de borla.

 

REPÓRTER

Mas você não é um árbitro. Você é um corrupto!

 

 ÁRBITRO

Todas as semanas. Pessoal, sigam-me no Facebook, Twitter, Instagram, Badoo e Hi5. E nada de insultos, nada de pedir bilhetes para jogos. Só respondo se for para dar o meu NIB ou para falar sobre as várias opções que têm para me corromper. Agora tenho mesmo de ir embora, amigo, pois tenho ainda hoje uma festa em minha homenagem, seguida de uma sessão de autógrafos no Catujal. Se quiserem que vos meta na guest list mandem e-mail para arbitrosafado@tudo.pt

2 comentários

Comentar post