Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Tudo passa carago.

E melhor passa se tiver graça.

Tudo passa carago.

E melhor passa se tiver graça.

07.Nov.18

Entrevista Exclusiva Com Maria Cerqueira Gomes

Sérgio Ambrósio

Sabem por que a Maria Cerqueira Gomes faltou à primeira entrevista na TVI? Pois é, porque esteve a dar-me umas palavrinhas em exclusivo, depois de se ter emocionado tanto com a crónica que lhe escrevi. Isso de ter perdido o avião foi grande pêta.

 

Maria, vais sair do Porto Canal rumo à TVI. Porquê este passo atrás na carreira, trocando o Pinto da Costa pelo Goucha?

Sabes, às vezes são necessários desafios na vida. Eu estava super feliz no Porto Canal. Mas ir para Lisboa vai permitir-me mamar nas tetinhas da capital do Império. Só vou porque vão pagar-me muito bem para lidar lá com os alfacinhas e entretê-los.

 

O Goucha está radiante por começar a trabalhar contigo. A Cristina Ferreira é que já aproveitou a deixa e começou a brincar com o teu nome. Que achas disto?

Coitadita, já está com ciúmes. Pensou que o Goucha ia ficar sozinho. Quanto a brincar com o meu nome… Ela se fosse brincar mas era com a gaita do marido… Ah, espera, o marido deixou-a e traiu-a.

 

Ui, Maria, esta foi forte! Vai ser assim uma luta feroz pelas audiências?

Que luta feroz que nada. Serginho, meu querido, eu vou deixar o meu programa que se chama “Olá Maria”, no Porto Canal, para entrar na TVI e dizer “xau, Tininha da Malveira, que vais ficar bem para trás nas audiências”.

 

Carago, estou a ver que a rivalidade nas manhãs da televisão vai ser mais intensa que as picardias entre YouTubers! E que mais projectos tens em vista, Maria?

Olha, vou criar uma revista. Não vou pôr pindéricos na capa tipo Luisão… Não vai ser uma revista para reformados, vai ser algo jovem, de acordo com a minha cara, estás a ver? Vou também lançar uma marca de roupa, uma linha de calçado, vou ter o meu próprio perfume… No fundo, vou fazer tudo o que a Tininha da Malveira fez, mas sem ser aquele estilo feira, sabes? Vou emprestar mais classe aos produtos, aos conteúdos… As pessoas vão notar o meu cunho de fozeira. Viva a Foz, carago!

 

Obrigado por esta entrevista exclusiva. Queres deixar uma mensagem aos fãs?

Sim, claro. Vou deixar uma mensagem à minha maior fã: Tininha, prepara-te, vou meter-te num bolso, carago!

 

E pronto foi esta a entrevista exclusiva com a Maria Cerqueira Gomes. Exclusiva não porque a própria botou faladura, mas porque foi produto exclusivo da minha imaginação. Grato pela compreensão. Quem não compreender, epá, melhor ir plantar batatinhas, ok?

7 comentários

Comentar post