Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Tudo passa carago.

E melhor passa se tiver graça.

Tudo passa carago.

E melhor passa se tiver graça.

17.Out.18

Maria Leal Só P'ro Desfalque

Sérgio Ambrósio

A confirmar-se que Maria Leal é uma larápia que roubou o marido, a primeira coisa que se tem que fazer é retirar-se do nome dela a palavra “leal”. Se o notário permitir e o tribunal for sério ela irá passar a chamar-se Maria Desleal.

 

Uma coisa não percebo: se ela teve mão numa fortuna e tinha o sonho de ser cantora por que não contratou como o produtor musical o Rick Rubin, o Pharrell ou o Timbaland e foi buscar o Jaimão?!

 

Depois do roubo de Cristina Ferreira, eis que a SIC faz uma reportagem a desmascarar uma personagem, que se tornou viral, criada na… TVI. Daniel Oliveira não perdoa! Os meus olhos dizem que ele joga bué xadrez televisivo!

 

Com tanta guita à disposição, Maria Leal só comprava roupas e esqueceu-se, no início, que um dos principais requisitos para se ser uma cantora à séria é ter umas boas mamas de silicone, um bumbum também de silicone e, se possível, fazer uma boa lipoaspiração. A obsessão com o seu talento natural para cantar foi tanta que é entendível que se tenha olvidado destes factores.

 

A ser verdade aquilo que Francisco Leal relatou à SIC, Maria Leal é mais uma loba com pele de cordeira que se aproveitou da fragilidade, inaptidão e sentimento de um ser humano. Devia ser proibido. Mas há gente sem escrúpulos…

 

No meio disto tudo, acho que Maria Leal pode inspirar-se, com esta situação, para criar uma remistura do seu grande hit. Parece que já estou a ouvi-la: «Maria Leal aqui só p’ro desfalque…». Era capaz de ficar giro. Sempre achei que há uma lacuna na música portuguesa: faltam mulheres gangsters.

8 comentários

Comentar post