Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Tudo passa carago.

E melhor passa se tiver graça.

Tudo passa carago.

E melhor passa se tiver graça.

05.Dez.17

Carta ao Pai Natal

Sérgio Ambrósio
Não tenho filhos nem sobrinhos, mas às vezes ponho-me a imaginar como é que um miúdo, criado por mim ou sob a minha influência, escreveria uma carta ao Pai Natal. Suponho que seria, mais ou menos, assim:   “Boas, Pai Natal.   Este ano, portei-me muito bem. Fiz tudo o que a minha mãe e o meu pai me mandaram, inclusivamente dar uma coça ao menino que gozava com o meu clube. Só me portei mal quando bebi aquela deliciosa garrafa de vinho do Porto, reserva de 2011, que os meus pais (...)