Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Tudo passa carago.

E melhor passa se tiver graça.

Tudo passa carago.

E melhor passa se tiver graça.

26.Jan.18

25 Perguntas Aleatórias

Sérgio Ambrósio
1 – “Sais de Casa sem?” Primeiro, a pessoa que inventou esta frase não concluiu a 4.ª classe. É quase preciso ir para a Universidade para se compreender o que esta frase realmente significa. Segundo, vou arriscar que pressupõe que é algo que eu não deixo em casa. Muito bem, eu não saio de casa sem a minha cabeça. Dá-me jeito tê-la sempre comigo, é verdade. Nem que seja para enfeitar. Não enfeita muito porque sou pouco giro, mas dá sempre uma compostura ao corpo. No dia (...)
20.Jan.18

Verão 2018

Sérgio Ambrósio
Está sol, lá fora, sente-se o quentinho no corpo e a mente começar logo a imaginar o que fazer no Verão de 2018. Ainda é Inverno mas quanto mais cedo se planearem as actividades de veraneio melhor. Eis o que eu vou fazer no Verão de 2018.   Quando o calor começar a esquentar, vou meter-me na piscina com a Kelly Bailey. Desculpa, Lourenço Ortigão. Mas antes eu com a Kelly do que o Pedro Barroso, não achas?   Vou evitar a confusão das praias portuguesas, cheias de gente e de (...)
05.Jan.18

Caminho Para a Felicidade

Sérgio Ambrósio
Ser feliz, para mim, é eu não sentir-me um cliché, o que é impossível. A minha felicidade, de longe, não vem de dentro. As entranhas da minha alma são carregadas de escuridão e de pesadelo. A minha felicidade vem do que me inspira e me faz levantar da cama a cada manhã. Se eu estivesse à espera de encontrar a felicidade dentro de mim, nunca mais tirava o pijama do corpo nem tirava o lombo do colchão.   E não me digam que eu sou a única pessoa que pode atrapalhar a minha (...)
13.Out.17

Serial Killer

Sérgio Ambrósio
Corre um curioso fenómeno nas redes sociais, nos últimos dias. Eu vi no Facebook, no YouTube, no Instagram, no Pinterest, no Hi5, no Tinder e no Badoo. Mentira: no Tinder e no Badoo não se passa nada além de uma busca desalmada de sexo por humanos que mais parecem vampiros sequiosos por sangue. Mas o fenómeno que agita os dedos aos internautas é mesmo a despedida ao verão.   Toda a gente a dizer “ciao, meu querido”, «vou ter saudades tuas» e eu não sei porquê. Fico (...)